Faça um cadastro gratuito e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do site:
E-mail  
Senha
Homepage

Cadastro

O Professor

Cursos e Agenda

Palestras

Notícias

Comentários do Professor

Material do Professor

Artigos

Vídeos

OAB

Concursos Públicos

Bibliografia Indicada

Legislação

Motivação

DJ Leone Pereira

Galeria de Fotos

Sites Indicados

"Uma sucessão de pequenas vontades consegue um grande resultado. "
(Charles Baudelaire)


Siga o Professor
Leone Pereira

Notícias

NEGOCIAÇÃO NO TRT-15 ESTABELECE INDENIZAÇÕES AOS EMPREGADOS DESLIGADOS DA FORD DE TATUÍ

http://portal.trt15.jus.br/


Em audiência de conciliação realizada nesta quinta-feira, 28/11, no 3º andar do edifício-sede judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, os funcionários da Ford de Tatuí e a empresa chegaram a um acordo sobre os termos do encerramento dos contratos dos empregados dispensados a partir de 14/11/2019. O Dissídio Coletivo de Greve (DCG) suscitado pela empresa é de relatoria do desembargador Samuel Hugo Lima, que designou a juíza do trabalho Adriene Sidnei de Moura David, que já atuava no caso quando foi convocada no gabinete do desembargador, para presidir a audiência.

Pelo acordo, ficou estabelecido que a Ford pagará a cada ex-empregado que aderir à proposta individualmente, além das verbas rescisórias legais, um bônus fixo de R$ 13.350,00 (referente ao plano de saúde), mais um valor proporcional ao tempo de casa de cada funcionário, que vai variar de 3,5 a 5,5 salários nominais. O acordo também prevê a restituição aos empregados que não foram dispensados dos valores descontados pela greve de 7 dias realizada em setembro, sendo que a metade será abonada integralmente pela empresa e a outra parte será compensada.

O Ministério Público do Trabalho, representado pelo procurador Ronaldo José de Lira, manifestou-se favoravelmente ao termos da negociação. O assessor econômico do TRT-15, Roberto Koga, participou das tratativas para a construção do acordo. Além da representação sindical da categoria profissional dos trabalhadores, exercida pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Tatuí e Região, também participou da audiência uma comissão de trabalhadores da fábrica eleita por seus pares.

Ainda durante a sessão, o desembargador Samuel Hugo Lima foi comunicado sobre o resultado do acordo diretamente pelo aplicativo Whatsapp, e externou "cumprimentos às partes, aos senhores advogados e a todos os envolvidos, especialmente à Juíza Adriene, pela conciliação". Os autos do processo agora serão remetidos ao desembargador para análise e homologação dos termos da conciliação. (Processos 0007965-26.2019.5.15.0000 DCG e 0007966-11.2019.5.15.0000 DCG)


  Imprimir esta notícia

[ retornar ]

® 2020 Professor Leone Pereira - Todos os direitos reservados Desenvolvido por InWeb Internet