Faça um cadastro gratuito e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do site:
E-mail  
Senha
Homepage

Cadastro

O Professor

Cursos e Agenda

Palestras

Notícias

Comentários do Professor

Material do Professor

Artigos

Vídeos

OAB

Concursos Públicos

Bibliografia Indicada

Legislação

Motivação

DJ Leone Pereira

Galeria de Fotos

Sites Indicados

"Fico triste quando alguém me ofende, mas, com certeza, eu ficaria mais triste se fosse eu o ofensor... Magoar alguém é terrível! "
(Chico Xavier)


Siga o Professor
Leone Pereira

Notícias

ACORDO COM O TJ/MT POSSIBILITOU O PAGAMENTO DE R$1,1 MILHÃO EM PRECATÓRIOS TRABALHISTAS

https://portal.trt23.jus.br/


Entre junho e setembro de 2019, o Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) liberou 1,1 milhão para o pagamento de precatórios a trabalhadores. Os valores foram disponibilizados após um convênio firmado entre o TRT, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ/MT) e a Justiça Federal. A assinatura do Termo resultou na publicação da Portaria Conjunta n.01/2019.

Na prática, os valores que o TJ/MT receber para o pagamento de precatórios nas Contas Especiais, que envolver os entes públicos do Estado de Mato Grosso e de seus municípios, serão rateados proporcionalmente às dívidas existentes em cada órgão.

A Justiça Estadual, então, além de pagar os precatórios aos seus jurisdicionados, deverá repassar, de forma proporcional, os valores devidos para os outros tribunais efetuarem o pagamento em favor dos titulares dos precatórios referentes a processos que tramitaram em suas jurisdições.

Vale destacar que o acordo prevê a autonomia de cada tribunal para, individualmente, controlar o cumprimento da ordem cronológica de apresentação dos precatórios, bem como para garantir as preferências para os idosos e para as pessoas que sofrem de doenças graves, como estabelece a Constituição.

Segundo o setor de precatórios do TRT, a Justiça do Trabalho em Mato Grosso possui hoje cerca de 529 mil precatórios pendentes de pagamento que somam, aproximadamente, 36 milhões de reais.

Conforme o setor, a assinatura do Termo possibilitou a efetividade do pagamento dos precatórios trabalhistas, já que agora, os débitos não ficam mais em fila única com os demais tribunais.

Precatórios

Os precatórios são expedidos em cumprimento a sentenças judiciais transitadas em julgado – em que não há mais possibilidade de recursos – em processos contra municípios, estado e União ou algum de seus entes– órgãos, autarquias e fundações.

Conforme a resolução 115/2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), compete ao Tribunal de Justiça de cada estado a gestão das Contas Especiais onde são depositados os valores pela Fazenda Pública para pagamento dos precatórios.

Para conferir a situação dos precatórios trabalhistas no TRT/MT, basta acessar, no menu superior, o botão “Consulta” -> “precatórios”.

(Sinara Alvares)


  Imprimir esta notícia

[ retornar ]

® 2019 Professor Leone Pereira - Todos os direitos reservados Desenvolvido por InWeb Internet