Faça um cadastro gratuito e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do site:
E-mail  
Senha
Homepage

Cadastro

O Professor

Cursos e Agenda

Palestras

Notícias

Comentários do Professor

Material do Professor

Artigos

Vídeos

OAB

Concursos Públicos

Bibliografia Indicada

Legislação

Motivação

DJ Leone Pereira

Galeria de Fotos

Sites Indicados

"O homem não é tão ferido pelo que acontece, e sim por sua opinião sobre o que acontece. "
(Montaigne)


Siga o Professor
Leone Pereira

Notícias

29ª VT de Porto Alegre realiza sua primeira audiência com testemunha ouvida por videoconferência

Fonte: https://www.trt4.jus.br/


A 29ª Vara do Trabalho de Porto Alegre realizou, no dia 8 de maio, sua primeira audiência por videoconferência. Na ocasião, foi ouvida uma testemunha residente em Toronto, no Canadá, em um processo ajuizado por um ex-empregado contra duas empresas de cosméticos. A testemunha foi colega do reclamante. O depoimento foi tomado por meio do aplicativo Hangouts, da empresa Google. Na ação trabalhista, são discutidas questões como diferenças de salário devido a comissões supostamente não recebidas e unicidade de contratos.

Segundo a juíza do Trabalho Ana Paula Kotlinsky, que presidiu a audiência, o procedimento pode ser utilizado com tranquilidade pelos juízes, porque encontra embasamento claro na legislação. Como explica a magistrada, o artigo 765 da CLT concede liberdade ao juiz para determinar quaisquer atos ou diligências que visem a agilizar a tramitação dos processos. O artigo 236 do Código de Processo Civil, por sua vez, como refere a juíza, autoriza a prática de atos processuais por meio de videoconferência ou outros sistemas de transmissão de sons e imagens em tempo real, desde que o procedimento seja determinado por um magistrado.

No entendimento da julgadora, a prática está adequada diante do contexto tecnológico vivido pela sociedade em geral e pela Justiça do Trabalho em particular. "A Justiça precisa avançar para diminuir distâncias e facilitar a vida das pessoas envolvidas, trazendo celeridade ao processo", avalia.


  Imprimir esta notícia

[ retornar ]

® 2018 Professor Leone Pereira - Todos os direitos reservados Desenvolvido por InWeb Internet