Faça um cadastro gratuito e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do site:
E-mail  
Senha
Homepage

Cadastro

O Professor

Cursos e Agenda

Palestras

Notícias

Comentários do Professor

Material do Professor

Artigos

Vídeos

OAB

Concursos Públicos

Bibliografia Indicada

Legislação

Motivação

DJ Leone Pereira

Galeria de Fotos

Sites Indicados

"O mais importante da vida não é a situação em que estamos, mas a direção para a qual nos movemos. "
(Oliver Wendell Holmes)


Siga o Professor
Leone Pereira

Notícias

Mediação do MPT/AL garante pagamento de 13º salário a mais de 800 vigilantes terceirizados

Fonte: http://www.prt19.mpt.mp.br/ (publicada em 06/12/2017)


Maceió/AL - Por meio de mediação entre contratantes e contratados, o Ministério Público do Trabalho em Alagoas (MPT/AL) garantiu, nesta terça-feira (6), a gratificação natalina, na íntegra, de mais de 800 vigilantes terceirizados da Secretaria de Saúde do Estado de Alagoas (Sesau) até o dia 20 de dezembro. O pagamento da primeira parcela dos valores conhecidos popularmente por 13º salário estava atrasado desde o último dia 30.

Coube ao procurador Victor Hugo Carvalho comandar a audiência que selou o acordo com representantes da Tigre-Vigilância Patrimonial de Alagoas Ltda., Sindicato dos Vigilantes do Estado de Alagoas e Sesau. O órgão estadual contratou a empresa para prestar serviço terceirizado de segurança.

A Secretaria disse que efetuará a ordem bancária de pagamento da empresa até esta quarta-feira para viabilizar o cumprimento das obrigações trabalhistas, beneficiando vigilantes do próprio órgão, hospitais e postos de saúde de diversos municípios alagoanos. O dinheiro entrará na conta da Tigre no dia seguinte. O governo estadual ainda deverá pagar uma segunda parcela à empresa no dia 15 de dezembro.

“O Ministério Público do Trabalho também deve atuar preventiva e extrajudicialmente para atender de imediato aquilo que está previsto na legislação. Muitas vezes ações judiciais demoram a render resultados, prejudicando o atendimento às necessidades dos próprios trabalhadores”, explicou Victor Hugo Carvalho.

A própria empresa realizou o pedido de mediação ao MPT/AL, que recebeu ainda a solicitação do sindicato para facilitar uma solução em relação ao atraso no pagamento do 13º salário dos vigilantes. Com as duas parcelas pagas pelo Estado de Alagoas, a Tigre afirmou que honrará o pagamento dos trabalhadores.


  Imprimir esta notícia

[ retornar ]

® 2017 Professor Leone Pereira - Todos os direitos reservados Desenvolvido por InWeb Internet