Faça um cadastro gratuito e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do site:
E-mail  
Senha
Homepage

Cadastro

O Professor

Cursos e Agenda

Palestras

Notícias

Comentários do Professor

Material do Professor

Artigos

Vídeos

OAB

Concursos Públicos

Bibliografia Indicada

Legislação

Motivação

DJ Leone Pereira

Galeria de Fotos

Sites Indicados

"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. "
(Chico Xavier)


Siga o Professor
Leone Pereira

Notícias

GREVE NA CAERD: Justiça do Trabalho determina que 70% continuem trabalhando

Fonte: http://www.trt14.jus.br/ (publicada em 12/07/2017)


A Presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (Rondônia/Acre) determinou na terça-feira (11/07) que o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado de Rondônia (Sindur) mantenha 70% dos trabalhadores em atividade durante a greve iniciada no mesmo dia, na Companhia de Águas e Esgoto de Rondônia (Caerd). A previsão é de multa diária de R$ 50 mil, caso haja descumprimento da decisão pelo sindicato.

Em seu despacho, proferido em menos de cinco horas após o ingresso da ação pelo Sindur em face da Caerd, o presidente, desembargador do Trabalho Shikou Sadahiro, designou audiência de conciliação para a quinta-feira (13/07), às 9h, no Plenarinho do edifício-sede do Regional.

De acordo com o desembargador, a determinação levou em consideração a atividade essencial dos trabalhadores, no caso o tratamento e abastecimento de água. "Cumpre ao Poder Público assegurar a prestação desse serviço indispensável ao atendimento de necessidade inadiável da comunidade", registrou.

Em suas alegações iniciais, o Sindicato afirma que os atrasos reiterados de salários, a falta de proposta para recomposição de perdas do período de maio/2016 a abril/2017 e o descumprimento das cláusulas de sentenças normativas 2016/2017 motivaram a paralisação.

No informativo juntado aos autos, a entidade sindical revela que foi pago apenas 10% do salário até o último dia 6, sem qualquer previsão para o pagamento dos valores restantes.

O desembargador determinou ainda que a Caerd apresente defesa no prazo de cinco dias.

(Processo nº 0000236-44.2017.5.14.0000)


  Imprimir esta notícia

[ retornar ]

® 2017 Professor Leone Pereira - Todos os direitos reservados Desenvolvido por InWeb Internet