Ação fiscal constata irregularidades em frigorífico de Cascavel

Fonte: http://trabalho.gov.br/ (publicada em 15/05/2018)


Fiscalização resultou em 88 autos de infrações por descumprimento da legislação trabalhista


Oitenta e oito autos de infrações por descumprimento à legislação trabalhista foram lavrados contra um frigorífico de Cascavel, em operação deflagrada pela Superintendência Regional do Trabalho do Paraná (SRT-PR). A ação, realizada de 23 de abril a 9 de maio, contou com a participação de sete auditores-fiscais do Trabalho.

A operação busca a adaptação da empresa às normas de segurança e saúde, incluindo a verificação de aspectos da organização do trabalho, bem como a adequação de máquinas e equipamentos, para reduzir o número de acidentes de trabalho e doenças relacionadas.

Além do descumprimento à legislação trabalhista, durante a fiscalização foram identificadas diversas irregularidades relacionadas à segurança e saúde do trabalhador, que levou o Ministério do Trabalho a interditar três elevadores de carrinhos de produtos, uma arqueadora no setor de embalagem e um elevador monta-carga.

Também foi inteditado todo o setor de subprodutos de aves, conhecido como graxaria ou fábrica de farinha, pois o local apresentava problemas considerados graves e com risco iminente de provocar acidentes de trabalho. Havia roscas helicoides sem proteções, escadas e meios de acesso perigosos, fiação elétrica exposta, entre outros.

O frigorífico possui duas linhas de produção e realiza dois turnos de trabalho para o abate de mais de 200 mil aves por dia. Atualmente, conta com 2.821 funcionários, mas a fiscalização alcançou, ao todo, 3.692 trabalhadores que atuam na empresa, que foi notificada a providenciar as melhorias em até 60 dias.



Notícia impressa do site Professor Leone Pereira
Acesse: www.professorleonepereira.com.br