Rodoviários terão 3% de reajuste conforme decisão do Pleno do TRT-ES

Fonte: http://www.trtes.jus.br/ (publicada em 10/01/2018)


O Pleno do Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo determinou reajuste salarial de 3% para os rodoviários. A sessão de julgamento do Dissídio Coletivo de Greve foi realizada na tarde desta quarta-feira (10/1), com a presença de dez dos 12 desembargadores do Tribunal.

O percentual proposto pelo Ministério Público do Trabalho, pouco acima da inflação medida pelo IPCA (2,95%), foi aceito pelo relator do dissídio, José Luiz Serafini. Ao proferir seus votos, a maioria dos presentes acompanhou o relator.

O índice de reajuste é linear, ou seja, vale também para o tíquete alimentação e plano de saúde.

Por unanimidade, os desembargadores decidiram pelo pagamento integral do período de greve. E a maioria acatou a decisão do Ministério Público de não haver reposição dos dias parados.

Ao término do julgamento, o presidente do Sindirodoviários, Edson Bastou, anunciou o fim da greve.

O presidente do TRT-ES, Mário Ribeiro Cantarino Neto, considerou razoável a decisão do Pleno e lembrou que ainda pode haver recurso por parte das empresas.

A sentença normativa proferida pelo Tribunal terá validade por um ano, contada a partir de 1º de novembro de 2017.

Nova desembargadora

No início da sessão, aberta às 13h30, os magistrados manifestaram orgulho por ter como nova integrante da Corte a juíza Sônia das Dores Dionísio, que acabara de tomar posse como desembargadora (a posse administrativa foi realizada às 13h, no Gabinete da Presidência).



Notícia impressa do site Professor Leone Pereira
Acesse: www.professorleonepereira.com.br